Produção Cultural e Pesquisa

O Núcleo Memória realiza uma série de produções e pesquisas sobre o tema dos direitos humanos e a justiça de transição. Destacam-se as contribuições periódicas em trabalhos acadêmicos, a produção do documentário “1964: Um golpe contra o Brasil” e a coordenação da pesquisa histórica para o futuro Memorial da Luta pela Justiça, em andamento.

A produção do filme “1964: um golpe contra o Brasil” entre os anos de 2011/2012 teve apoio de uma emenda parlamentar e a cooperação da TVT (Televisão dos Trabalhadores). Dirigido pelo jornalista e ex-presidente do Núcleo Memória, Alípio Freire, apresenta mais de uma dezena de entrevistas e importante material de pesquisa, tendo por objetivo esclarecer as origens do Golpe de Estado de 1964. O filme teve mais de uma centena de exibições em escolas, universidades, sindicatos e espaços públicos, sendo escolhido pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da cidade para ser parte do kit “Direito à Memória e Verdade” que, como material didático, foi entregue a mais de 1000 escolas da rede municipal. O lançamento oficial ocorreu no primeiro Sábado Resistente de 2013 e até hoje as cópias são entregues de forma gratuita em escolas, bibliotecas, cine clubes e pesquisadores do tema.

O atendimento a pesquisadores de diversas áreas de trabalho é recorrente no cotidiano do Núcleo Memória. É estabelecido diálogo com pesquisadores e concedidas entrevistas temáticas, referências bibliográficas e em algumas ocasiões, orientações para novas pesquisas. São atendidos estudantes com demandas de trabalhos para o ensino médio até trabalhos acadêmicos de pós-graduação.

Desde 2016 está em andamento a coordenação da pesquisa histórica para o futuro Memorial da Luta pela Justiça. A pesquisa dialoga com a aplicação do plano museológico/expográfico (2014) e tem como objetivo coletar e trabalhar com dados e referências memoriais e históricas para subsidiar a exposição de longa duração. A equipe de pesquisadores e estagiário da área de História atuam em duas frentes: a realização de história oral e a pesquisa em arquivos.

 

_________________________________________________

PESQUISAS HISTÓRICAS E MUSEOLÓGICAS

 

O Núcleo Memória (NM) realiza pesquisas históricas e museológicas nos temas da memória, verdade, justiça de transição e direitos humanos no Brasil. Durante seus nove anos de atuação o NM produziu livros, cartilhas, documentários, vídeos educativos e culturais oriundos destas pesquisas. Atualmente, destacam-se nessa área: as contribuições periódicas em pesquisas externas, a coordenação da pesquisa histórica para a implantação do futuro Memorial da Luta pela Justiça (MLPJ) e o projeto de Memória Institucional.

No âmbito do atendimento ao público pesquisador, cotidianamente o Núcleo recebe estudantes, profissionais e outros interessados, procurando estabelecer diálogos colaborativos com pessoas e entidades no intuito de promover a valorização e disseminação da memória política recente do país. Muitas vezes, são concedidas entrevistas, referências bibliográficas, iconográficas, orientações de todo tipo que disponibilizam ao público o conhecimento acumulado pela instituição.

Hoje, o principal projeto de pesquisa do Núcleo Memória é a coordenação da pesquisa histórica e museológica do futuro MLPJ, em andamento desde 2016. O objetivo deste trabalho é coletar, analisar e sistematizar referenciais históricos e memoriais para constituição e posterior guarda do acervo museológico do Memorial da Luta pela Justiça. A pesquisa histórica é produzida em diálogo com o “Projeto de Plano Museológico e Expográfico”, submetido e aprovado em pela Lei Rouanet/Ministério da Cultura em 2014. A equipe é composta por profissionais da área de História que atuam em três frentes: 1- pesquisa: história oral; iconografia, arquivos da Justiça Militar da União; 2- produção, organização, preservação e difusão de arquivos; 2- difusão: produção de livros; artigos; exposições, catálogos e divulgação em palestras, encontros, atendimento a pesquisadores, dentre outros.

Atualmente, o Programa de história oral do NM conta com duas coleções: a “Coleção Memorial da Luta pela Justiça” e a “Coleção Memória Institucional”. É composto 33 entrevistas tratadas e disponíveis ao público pesquisador. A metodologia utilizada neste programa e seus resultados parciais foram divulgadas em dois livros, disponíveis em nossa sede: “Memorial da Luta pela Justiça – histórico da retomada do prédio e resultados preliminares do projeto de implantação” e “Uma trajetória de busca pela memória, verdade e justiça: memória institucional do Núcleo Memória”, ambos de 2017.

As pesquisas históricas e museológicas realizadas pelo Núcleo Memória são balizadas por metodologia científica e experiências de instituições congêneres, como Memorial da Resistência de São Paulo, Memória Abierta na Argentina e Villa Grimaldi no Chile. Pretendem mobilizar e trazer à público memórias marginalizadas, lugares desconhecidos, eventos esquecidos, personagens anônimos, e assim contribui para a construção da história política dentro dos processos de memória, verdade, justiça, lutas por democracia e direitos humanos no Brasil.


Galeria de Fotos


Assine nossa newsletter

Siga-nos

           
todos direitos reservados ©2018